AVALIAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA ANÁLISE CRÍTICA

Autores

  • Antonio Carlos dos Santos Cruz Universidad Autonôma de Asuncion

Palavras-chave:

Pedagogia Libertadora, Jovens e adultos, Educação

Resumo

A Educação de Jovens e Adultos – EJA é uma modalidade singular, atendendo a um publico adulto, o qual se compõe de sujeitos que por diferentes motivos não puderam completar seus estudos no tempo regular, pode-se entender que essa modalidade possui um caráter eminentemente compensatório e inclusivo. Em tal contexto o processo avaliativo ocupa lugar de destaque, constituindo-se não apenas uma forma de controle e registro, mas uma ferramenta pedagógica de ensino. O presente artigo apresenta os resultados obtidos em pesquisa realizada para a tese de doutorado de seu autor, onde se investigou o processo avaliativo da EJA no município de Vila Velha, Espirito Santo, através de questionários aplicados a professores e alunos da EJA no referido município. A metodologia envolveu uma revisão da literatura realizada previamente, e um estudo de campo realizado com 50 professores e 200 alunos. Os resultados atestam as particularidades únicas do público atendido na EJA, pessoas adultas, com suas próprias responsabilidades, que precisam concluir seus estudos escolares em busca de melhores oportunidades de trabalho. Constata-se que os docentes estão cientes destas particularidades, enquanto que os alunos da EJA demonstram interesse por projetos educacionais que envolvam o uso da criatividade, mas no que tange ao desempenho escolar propriamente ainda existe uma grande lacuna entre as competências a serem desenvolvidas e a realidade vivenciada pelos alunos.

Downloads

Publicado

2019-11-08

Como Citar

Cruz, A. C. dos S. (2019). AVALIAÇÃO DE JOVENS E ADULTOS: UMA ANÁLISE CRÍTICA. Internacional Multidisciplinary Journal of the Brazil, 1(1), 10–21. Recuperado de http://imjbr.arcaeducacional.ga/index.php/imjbr/article/view/3

Edição

Seção

Artigos